O diário de Anne Frank em quadrinhos

                                                 TODAS AS CRIANÇAS TÊM DIREITOS, EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO

Este livro está sendo publicado em colaboração com a Fundação Anne Frank (Anne Frank Fonds), comprometida há 50 anos com a defesa dos direitos da infância em todo o mundo, especialmente os direitos relacionados com o acesso à educação e a erradicação da pobreza. A maior parte dos recursos obtidos com a venda deste livro será destinada ao UNICEF, graças à cooperação da Fundação Anne Frank com essa organização.

O destino de Anne Frank — a menina de origem judaica que se
transformou em símbolo de milhões de crianças que ainda nos dias de
hoje têm seus direitos desrespeitados — e seu diário são um verdadeiro
monumento aos direitos humanos.

Por esse motivo, a Fundação Anne Frank da Basileia resolveu colaborar com o Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF. Seu objetivo é chamar a atenção para os direitos da infância em todo o
mundo e contribuir assim para o cumprimento da Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada pela ONU em 1989.

A Convenção sobre os Direitos da Criança, que consta de 54 artigos, reconhece todas as pessoas menores de 18 anos como detentoras de plenos direitos e se sustenta em três princípios básicos: o direito à proteção, o direito ao desenvolvimento e o direito à participação

O depoimento da pequena Anne Frank, morta pelos nazistas após passar anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã, ainda hoje emociona leitores no mundo inteiro. Seu diário narra os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou  em vão para sobreviver ao Holocausto. Edição definitiva autorizada por Otto H. Frank, pai de Anne Frank.

Um retrato envolvente e cativante de uma das mais famosas famílias judaicas vitimadas pelas atrocidades da Segunda Guerra Mundial. Sentimentos e convicções multiplicam-se desde a primeira página, com a descrição das férias na casa dos Frank em Sils Maria, Alpes Suíços, no verão de 1935, onde a família, cujos membros viviam espalhados pelo continente europeu, reunia-se anualmente.

Para baixar o livro, clique no link:

Ari Folman e David Polonsky – O diário de Anne Frank em quadrinhos

 

Deja un comentario

O diário de Anne Frank em quadrinhos – Sarraute Educación María Magdalena

A %d blogueros les gusta esto: