Educação Transformadora. As interconexões das teorias de Freire e Morin

Por: Edna Liz Prigol

Marilda Aparecida Behrens

Resumo

O movimento da educação na busca de superação da prática pedagógica conservadora, leva a questionar os processos de fragmentação do conhecimento gerados pela visão cartesiana. Para tanto, buscou-se investigar uma visão na educação que acolha a reforma desse pensamento para atingir uma educação complexa e transformadora. Optou-se por dialogar com autores como Paulo Freire e Edgar Morin, na busca de eleger de suas obras os pontos convergentes e complementares com a finalidade de tecer construtos que possam subsidiar epistemologicamente uma nova prática pedagógica complexa e transformadora. Na pesquisa do tipo revisão bibliográfica de natureza qualitativa, crítica e reflexiva, utilizou-se da metodologia denominada estado do conhecimento para revisitar algumas obras dos autores eleitos para o estudo. Para a análise dos dados utilizou-se dos procedimentos de Bardin (2011). Os resultados indicam que as teorias têm pontos que se aproximam e acolhem fundamentos epistemológicos que possibilitam subsidiar o docente na superação da prática pedagógica conservadora para uma proposição que leve à emancipação e protagonismo do aluno e do professor. Das convergências e complementariedades entre as duas teorias ressalta-se a importância de pontos como a visão ética, a reforma de pensamento, a contextualização, o diálogo e a religação de saberes.

Fonte do artigo:

https://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/18566

Artigo completo:

18566-Texto do Trabalho-85587-1-10-20201230

Deja un comentario

Educação Transformadora. As interconexões das teorias de Freire e Morin – Sarraute Educación María Magdalena

A %d blogueros les gusta esto: