Angola: Ministra quer maior inclusão de pessoas com deficiência.

Angola 30 de março 2021/Por: Angop/Fonte: https://www.angop.ao/

 

Luanda –  A ministra da Educação, Luísa Grilo, defendeu, nesta terça-feira , em Luanda,  a necessidade de haver maior inclusão social e efectiva da pessoa com necessidades especiais no processo de desenvolvimento do país.

Ministra da Educação, Luísa Grilo (Arquivo)

Ministra da Educação, Luísa Grilo (Arquivo)
Francisco Miúdo

Segundo a ministra, que falava na abertura da mesa redonda  sob o lema” construindo caminhos no respeito à diferença para uma inclusão social efectiva”, a educação é um direito humano fundamental e um dos principais meios de acesso à cultura, desenvolvimento económico e social.

Conforme a ministra, o Executivo está apostado em investir na educação, políticas públicas e articulações com os parceiros sociais e as agencias das Nações Unidas.

A educação, adiantou a governante, está a trabalhar para a assegurar uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo a oportunidade de aprendizado ao longo da vida para todos sem excepção.

“O alcance desse desiderato requer um trabalho de carácter social  que envolve não só o Estado, mas também a escola, a família  e a comunidade”, reforçou a ministra.

A governante sublinhou que a inclusão socioeducativa é um direito constitucional  das pessoas, sendo necessário  continuar  a preparar  as escolas  com meios técnicos e matérias  adequadas à formação dos profissionais,   para  lograr o atendimento  significativo da heterogeneidade  dos alunos .

“A expectativa é que possamos, durante  esse  fórum, caracterizar as relações de parceria entre o Ministério da Educação, através do Instituto Nacional  de Educação Especial  e diversas associações homólogas, identificar as principais bases de relações de parcerias”, perspectivou Luísa Grilo.

O Ministério da Educação (MED), apontou, vai trabalhar no sentido de colher sugestão e propostas que solidifiquem o verdadeiro caminho da inclusão social das crianças, jovens e adultos com deficiência.

A mesa redonda, que conta com a participação de diversos especialistas, visa auscultar os principais desafios e constrangimentos enfrentados, socializar sobre as novas estratégias de trabalho do INEE em prol da inclusão socioeducativa das pessoas com deficiência, identificar os pontos de estrangulamento para fortalecimento do trabalho conjunto em prol da inclusão socioeducativa de pessoas com deficiência e propor as linhas de acção e as directrizes para a sua implementação.

Pretende-se, para o efeito, o fortalecimento do trabalho conjunto entre o INEE e as associações de pessoas com deficiência, em prol da inclusão socioeducativa de crianças jovens e adultos com deficiência.

Fonte da noticia:

https://www.angop.ao/noticias/educacao/ministra-quer-maior-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia

Deja un comentario

Angola: Ministra quer maior inclusão de pessoas com deficiência. – Sarraute Educación María Magdalena

A %d blogueros les gusta esto: